O RITMO ACELERADO DAS MUDANÇAS NO MUNDO CORPORATIVO - A hora de se preocupar e se preparar para as mudanças.

07/08/2016

Na matéria anterior foi esboçado um pouco sobre as mudanças que às vezes são necessárias dentro da empresa. Segundo o Dicionário Aurélio on line mudança significa:

  •   Ato de mudar
  •   Alteração
  •   Modificação

No mundo dos negócios uma empresa que se preze estar antenado as notícias e principais mudanças não é novidade. O tempo todo novas ideias surgem,  tecnologias são inventadas, e o que era novidade, daqui uma semana deixou de ser interessante, afinal as informações acontecem na velocidade da luz e o mundo corporativo toma conhecimento em segundos.

Toda e qualquer mudança requer habilidades, e como dizem, nem todo ato de mudança é rápido ou simples de ser feito. Quando pensamos em acompanhar as mudanças, devemos ter a consciência de que necessitamos gerenciar mudanças, estar prontos para o “quando” e não somente para o “se”. O quando pode acontecer a qualquer momento e estar preparado  ajuda a enfrentar de forma diferenciada a situação. O “se” é uma hipótese, pode ou não acontecer, e seguindo essa linha de pensamento você tem a opção de melhorar suas competências ou esperar para o “se” vai acontecer e depois ver o que faz com tanta coisa nova. Entre o quando e o se, faz parte do processo evoluir profissionalmente, aperfeiçoando e/ou desenvolvendo habilidades para lidar com as modificações que em algum momento vão ocorrer, ou aguardar e depois se perder com tanta informação. Esperar que tudo aconteça para depois se organizar não é característica de empresa inovadora ou de referência no mercado.

Empresas inovadoras visualizam um mercado futuro e consequentemente, problemas futuros, busca qualificar seus funcionários, capacitar de forma intensiva líderes e gestores, gera credibilidade no mercado, tornando a corporação resistente no que diz respeito a possíveis mudanças.

Debra Clawar, diretora global de gestão de talentos e desenvolvimento de líderes da farmacêutica Novartis em entrevista a TCB REVIEW diz que a empresa tem adotado mais abordagens para melhorar a autoconsciência dos líderes, juntamente com a construção de competências como as de contar histórias, coaching e influência.

Esse tipo de abordagem adotada pela Novartis gera confiança, incentivo e segurança ao colaborador que pode ser exposto a várias situações de transformação, é ter um olhar ampliado para a educação corporativa, ensinando e reconhecendo valores, passando para o colaborador o que se espera dele e também o que não se espera, e nesse ritmo de entrosamento e preparação, lidar com as mudanças que estão por vir pode começar a ser encarado como algo, não mais tão ameaçador.